<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script> <!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as --> <ins class="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-5732212802343663" data-ad-slot="8592965930" data-ad-format="auto"></ins> <script> (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); </script>
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as -->
<ins class="adsbygoogle"
style="display:block"
data-ad-client="ca-pub-5732212802343663"
data-ad-slot="8592965930"
data-ad-format="auto"></ins>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Baterista do Quiet Riot recusa tocar na China por conta do consumo de carne de cachorro no país

Baterista do Quiet Riot recusa tocar na China por conta do consumo de carne de cachorro no país


Em postagem online, o baterista Frankie Banali anunciou ter recusado uma proposta para se apresentar na China junto a um supergrupo de músicos. “Tudo oferecido era de primeira classe, desde a viagem, o tratamento e a compensação financeira. Não causaria interferência na minha agenda com o Quiet Riot. Porém, respeitosamente recusei, devido ao tratamento que cães recebem no país, especialmente no Yulin Dog Meat Festival (Nota: evento de título autoexplicativo). Não me interessa o dinheiro, mas o combate ao tratamento cruel, tortura e assassinato massivo de cachorros anualmente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário