<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script> <!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as --> <ins class="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-5732212802343663" data-ad-slot="8592965930" data-ad-format="auto"></ins> <script> (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); </script>
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as -->
<ins class="adsbygoogle"
style="display:block"
data-ad-client="ca-pub-5732212802343663"
data-ad-slot="8592965930"
data-ad-format="auto"></ins>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Dave Grohl e sua mãe falam sobre morte de Kurt Cobain em programa de TV

Dave Grohl e sua mãe falam sobre morte de Kurt Cobain em programa de TV


Virginia Grohl, mãe de Dave Grohl do Foo Fighters, lançou nesta semana um livro de memórias que leva o nome de “From Cradle to Stage”.

Trata-se de uma obra que apresenta o resultado de uma pesquisa de cerca de dois anos e meio feita pela escritora, que entrevistou mães de artistas do universo da música, englobando o rock, o pop e o hip hop.

Numa das passagens do livro, Virgínia afirma que temia ter Madonna, a Rainha do Pop, como sua nora e também aborda o suicídio de Kurt Cobain.

E essa passagem sobre a perda do amigo de banda de seu filho foi abordada pelo apresentador Stephen Colbert, no programa Late Show do canal americano CBS, na noite desta quarta-feira (26).

Virgínia contou que após a morte de Cobain ela e seu filho ficaram mais próximos. “Foi um tempo muito sombrio e triste. David voltou para casa depois disso, então todos nós tivemos que nos refazer. Conversamos muito, dissemos coisas um para o outro. Foi um momento particularmente incrível”, revelou.

Dave acrescentou que naquele momento de perda ele teve que buscar pessoas queridas. “Simplesmente resolvi voltar para casa, ficar com minha mãe e ver meus amigos”.

Virginia também disse que não acreditava que seu filho seria um músico de tanto sucesso. No livro, a escritora conversa com mães de gente como Michael Stipe, Amy Winehouse, Adam Levine, Dr. Dre, entre outros astros, para procurar saber como foi a criação dessas crianças que acabaram se tornando estrelas do universo da música.

No player abaixo você tem a entrevista para Stephen Colbert na íntegra (em inglês):



Nenhum comentário:

Postar um comentário