<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script> <!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as --> <ins class="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-5732212802343663" data-ad-slot="8592965930" data-ad-format="auto"></ins> <script> (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); </script>
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as -->
<ins class="adsbygoogle"
style="display:block"
data-ad-client="ca-pub-5732212802343663"
data-ad-slot="8592965930"
data-ad-format="auto"></ins>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Após não ser chamado para abrir show, músico disse à esposa de frontman do Anvil que ele tinha outra

Após não ser chamado para abrir show, músico disse à esposa de frontman do Anvil que ele tinha outra


O The Metal Voice perguntou a Steve Lips Kudlow o que a fama ganha com o documentário do Anvil mudou em sua vida. “Há certa cota de negatividade. Como quando alguém descobriu o Facebook da minha esposa e mandou uma mensagem dizendo que eu estava tendo um caso. Acabei descobrindo que era o cara de uma banda que não conseguiu abrir um show nosso, ficou puto e quis descontar em mim. Não sei o que fiz para merecer, mas alguém sentiu que era justo me causar um problema”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário