<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script> <!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as --> <ins class="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-5732212802343663" data-ad-slot="8592965930" data-ad-format="auto"></ins> <script> (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); </script>
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as -->
<ins class="adsbygoogle"
style="display:block"
data-ad-client="ca-pub-5732212802343663"
data-ad-slot="8592965930"
data-ad-format="auto"></ins>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

quinta-feira, 23 de março de 2017

Baterista relembra teste de Slash no Poison

Baterista relembra teste de Slash no Poison

Antes de C.C. DeVille, o Poison testou uma série de guitarristas para substituir Matt Smith, membro original. Entre eles, um que acabou se tornando mais famoso que a própria banda. “Conhecíamos Slash pela banda Hollywood Rose. Gostávamos dele. Chegamos a ensaiar algumas vezes, mas seguimos fazendo audições com outros caras. Quando C.C. apareceu, nosso entrosamento foi melhor. Foi uma decisão difícil e Slash chegou a ficar chateado, o que acabou fazendo termos alguma rivalidade por certo tempo”, lembrou o baterista Rikki Rockett ao Decibel Geek Podcast.

Nenhum comentário:

Postar um comentário