<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script> <!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as --> <ins class="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-5732212802343663" data-ad-slot="8592965930" data-ad-format="auto"></ins> <script> (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); </script>
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<!-- mmusicradiorock_sidebar_AdSense1_1x1_as -->
<ins class="adsbygoogle"
style="display:block"
data-ad-client="ca-pub-5732212802343663"
data-ad-slot="8592965930"
data-ad-format="auto"></ins>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

SAIU !!!! Assitam ao trailer de Vingadores Guerra Infinita !!!




Desde a última San Diego Comic-Con, no final de julho, que os fãs esperam pela divulgação do trailer de Vingadores: Guerra Infinita. A espera durou quatro meses, mas finalmente chegou ao fim. 

A Marvel liberou o primeiro trailer oficial da produção.
O vídeo foi divulgado durante o programa Good Morning America, na ABC, canal do grupo Disney, e tem tudo para deixar os fãs empolgados. Se Capitão América: Guerra Civil já deixou muita gente de boca aberta com um grande número de heróis presentes, Guerra Infinita promete ir além, trazendo toda turma de Guardiões da Galáxia para o meio, além de outros personagens vistos em filmes como Thor: Ragnarok e Pantera Negra. 


Continue lendo

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Campanha quer música do AC/DC no topo das paradas em tributo a Malcolm Young



Um grupo de fãs deu início a uma campanha para emplacar “For Those About To Rock (We Salute You)”, clássico do AC/DC, no topo das paradas do Reino Unido durante a época de Natal. A ideia é proporcionar uma homenagem ao guitarrista Malcolm Young, falecido no último dia 18 de novembro.

“Depois da triste notícia da perda de Malcolm e de seu irmão e produtor George no último mês, nossas mensagens inbox foram lotadas por sugestões para retomar o objetivo principal desta página: colocar o AC/DC no topo das paradas de Natal. Fizemos um ótimo trabalho em 2013, dando à banda sua mais alta posição nos charts do Reino Unido (4° lugar), mas quem mais toparia colocar um clássico do AC/DC acima de um zé-ninguém do ‘X Factor’ em tributo a Malcolm, George e Bon (Scott)?”, afirmou a página “AC/DC For Christmas No. 1”, responsável pela campanha.

O clássico escolhido pelos fãs foi “For Those About To Rock”, que pode ser comprado por 99 centavos, por serviços de download online, ou será tocado 150 vezes para contar como uma aquisição. Veja, a seguir, um vídeo lançado para promover a ação:


Continue lendo

Micróbios ganham nome dos integrantes do Rush




O Rush ganhou uma homenagem curiosa, vinda do campo da ciência. Eles agora dão nome a três novas espécies de micróbios que foram descobertas recentemente. A curiosidade é que os organismos parecem ser cabeludos – como já foram os integrantes da banda. Os micróbios foram descobertos vivendo dentro de cupins. Como eles são “peludinhos” e se movem de maneira ritmada, os cientistas acabaram lembrando das lendas do rock progressivo.

“Um pesquisador espanhol, Javier del Campo, me pediu uma recomendação de uma boa banda canadense para escutar”, contou Patrick Kelling, microbiologista da Universidade de British Columbia. Imagem: Divulgação “Quando ele voltou, ele disse: ‘Aqueles micróbios que nós descobrimos tem uns pelos compridos, como esses caras tinham no disco 2112′”, adicionou Kelling. Estava encaminhado o batizado dos micróbios. Apesar de não serem, de fato, cabelos, os micróbios em questão têm estruturas que parecem fios em volta e em maior número que o comum.

Além disso, moviam seus corpos com ritmo no microscópio. Assim, as novas espécies de Pseudotrichonympha agora se chamam: P. leei, P. lifesoni, and P. pearti, em referência a Geddy Lee (vocal, baixo e teclados), Alex Lifeson (guitarra) e Neil Peart (bateria).



Continue lendo

Judas Priest: ouça teaser e veja a capa do novo álbum




No vídeo abaixo, publicado pelo Judas Priest em seu canal oficial do youtube, um pequeno trecho de 15 segundos de seu novo disco, "Firepower", junto com a capa do álbum.

O sucessor do "Redeemer Of Souls" de 2014 ainda não tem data oficial de lançamento, mas acredita-se que ele estará nas lojas até março, e será precedido de um single que pode sair ainda este ano. A banda conta atualmente com Rob Halford no vocal, Glenn Tipton e Richie Falkner nas guitarras, Ian Hill no baixo e Scott Travis na bateria.

Continue lendo

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Sebastian Bach: Eu jamais cometeria suicídio


Durante participação no programa de rádio WDHA Morning Jolt, Sebastian Bach disse que ele nunca pensou no sucesso como um objetivo inevitável, ao contrário de outros artistas que também chegaram lá. "Sempre me considerei sortudo e afortunado por fazer isto", disse o cantor.

Depois ele prossegue: "Sem querer tornar a coisa pesada, mas quando vejo estes caras que cometem suicídio (ele não disse nomes, mas aparentemente está se referindo a Chris Cornell e Chester Bennington) acho que talvez - não quero dizer nada errado - acho que eles tinham uma ideia de como é a coisa de ser rockstar mas daí perceberam que não era o que esperavam. Meu lance é que nunca contei com isto", explica. "Nunca tive a expectativa de ser um grande rock star ou manter uma carreira por 35, 40 anos. 

,Nunca esperei isto, então o que vier de bom pra mim é como se fosse um extra, é muito bom, sou grato de ainda estar aqui. Eu jamais cometeria suicídio pois sou muito fã de rock, eu amo de fato, realmente amo a música. Se eu me machucar num acidente de carro ou algo assim (bate na madeira) e não puder mais me apresentar, vou me transformar num nerd roqueiro, colecionando discos e este tipo de coisas, pois é isto que eu sou. Quem vive comigo sabe que sou realmente um grande fã de música que tive a chance de fazer algo grande", finaliza.
Continue lendo

Os heróis da música estão partindo: começou a extinção



A boa música -- seja Pop, Rock, Soul ou Country -- está passando por um período difícil. Estamos em uma época muito perigosa para a música em geral e, principalmente, para esse senhor de 60 e poucos anos, sim, esse tal de Rock N' Roll. Estou com medo. Sim, ainda temos grandes bandas realizando milhares de shows ao redor do mundo como Rolling Stones, Paul MacCartney, Kiss, Iron Maiden, Metallica e Scorpions. Mas lembrando que, esses músicos (das bandas citadas), já estão com uma certa idade avançada e ninguém viverá para sempre. Estamos presenciando o fim. Estamos na reta final. E, por mais que eu compreenda o sentido da morte, é muito difícil presenciar todos os heróis da música do século XX partirem. Os melhores desta arte já não tem seus 28 anos -- todos eles nasceram nas décadas de 1940, 1950 e início de 1960.
Em 2015, o vocalista e baixista do Rush, Geddy Lee, disse: "Neil Peart tem uma vida complicada, uma filha jovem, uma nova família que ele sente em deixar para excursionar, e eu compreendo. E ele tem um desgaste físico tocando como toca por três horas e o corpo dele não ajuda mais tanto, é difícil para ele, que paga o preço. Tipo, às vezes no meio de uma turnê você nota que está sendo doloroso pra ele. Então não tenho certeza se ele quer prosseguir". Dificilmente os Canadenses voltam -- infelizmente.

Entre 2019 e 2020, provavelmente o Aerosmith deve realizar seus últimos shows. O Black Sabbath fechou seu ciclo. A instituição do Rock N' Roll, o Deep Purple, também irá se despedir dos palcos. A importantíssima banda de Heavy-Metal Manowar também irá realizar seus últimos shows.

Bandas se aposentando e grandes gênios do Rock e da boa música partindo dessa para melhor. De 2012 pra cá, foram 5 anos devastadores para a boa música e, principalmente, diga-se de passagem, para o bom e velho Rock N' Roll. Perdemos lendas como Jon Lord (tecladista do Deep Purple), Alvin Lee (guitarrista e vocalista do Ten Years After), Clive Burr (ex-baterista do Iron Maiden), Jeff Hanneman (guitarrista do Slayer), Ray Manzarek (tecladista do The Doors), Joe Cocker, David Bowie, Phil Taylor (ex-baterista do Motörhead), Scott Weiland (ex-vocalista do Stone Temple Pilots e Velvet Revolver), Prince, Nick Menza (ex-baterista do Megadeth), Lemmy Kilmister, George Michael, Chris Cornell, Chester Bennington e, agora, Malcolm Young, guitarrista e fundador do AC/DC (a lista é enorme, não vou lembrar de todos).
Malcolm Young, lendário guitarrista e fundador do AC/DC, morreu na manhã do último sábado (18), aos 64 anos. De acordo com a banda, ele "faleceu pacificamente com a família ao lado da cama".

Malcolm foi o responsável pela existência da banda que tinha como dever tocar Rock N' Roll. Para muitos, ele foi (e sempre será) o melhor guitarrista rítmico da história da música -- concordo. Malcolm também era compositor, produtor e inspirou muitos guitarristas ao redor do mundo -- um deles foi Dave Mustaine.

O músico estava afastado da banda desde 2014. O cérebro do AC/DC apresentava um quadro de demência, o que fazia com que ele tivesse perda total da memória.

Prolongando o assunto: todos os heróis da música estão partindo dessa pra melhor. A péssima notícia é que não teremos mais bandas clássicas (se é que me entendem), ou outro frontman igual ao Ozzy. O Rock N' Roll já foi feito -- acredito que a música em geral. E todos os grandes gênios já nasceram e fizeram sua contribuição. Jamais nascerá outro Lemmy, outro John Lennon. Jamais! Podem falar o quanto quiser, mas nunca irá nascer outro George Michael. Nunca irão lançar algo como "Aqualung". Tudo que é gravado hoje em dia é consequência daquilo que já foi feito -- e isso não quer dizer que nunca teremos grandes bandas e/ou lançamentos, não confundam genialidade com profissionalismo/competência.

Estamos na reta final. Os gênios... Os heróis do Rock e da música em geral estão partindo.
Imagino que, daqui 25 anos, estaremos apenas olhando as capas de discos -- assim como os fãs de Elvis e Prince fazem hoje em dia.

A extinção começou -- infelizmente.

Por Jeferson Oliveira

Fonte Whiplash
Continue lendo

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Metallica: os motivos da saída de Jason Newsted



Dave Higgins, da estação de rock australiana Triple M conversou em setembro de 2010 com o baterista do METALLICA Lars Ulrich.

Sobre a saída do baixista Jason Newsted em 2001 e a inclusão do substituto de Jason, Robert Trujillo, Ulrich disse, “Quando eu olho para trás para os anos com o Jason, eu vejo um músico incrivelmente dedicado e uma pessoa incrivelmente dedicada à causa; ele era muito, muito engajado. Ele se entregava por inteiro... a banda não tirou vantagem de tudo o que ele tinha pra dar. Era como as coisas eram naquela época. Não estávamos num momento em que lidávamos bem com isso. O irônico é que sua partida meio que fez a banda se reaproximar, pois percebemos que ele estava saindo porque não fomos capazes de realmente lidar uns com os outros. Rob simplesmente se encaixa. A personalidade dele realmente se ajusta às personalidades do resto de nós e simplesmente funciona de alguma forma de uma maneira muito orgânica, não forçada. Não forçamos as coisas.”

De acordo com a MTV, Newsted saiu do METALLICA em fevereiro de 2001 por várias razões, inclusive seu desejo de ter um papel mais criativo. Ele também sentiu que a banda perdeu o foco e estava gastando muito tempo envolvida em litígios e retórica política. E finalmente, ele precisava de um tempo para se recuperar de contusões no pescoço e nas costas que ele teve batendo cabeça toda noite no palco.

Em uma entrevista em julho de 2008 com a VG TV norueguesa, o vocalista/guitarrista do METALLICA, James Hetfield, fez declarações sobre as contribuições de Trujillo para com o último álbum da banda "Death Magnetic", “Eu não preciso dizer isso realmente, mas eu vou – ele é um baixista incrível; muito competente. Ele pode tocar de tudo que jogamos para ele. 
E não é só isso, mas obviamente [o Robert] tocando com seus dedos traz um som mais completo. Ele – com todo respeito ao Jason – mas o Rob já compôs mais nesse álbum do que o Jason em 14 anos. Muito disso tem a ver com nós não termos deixado ele compor, e entendo isso totalmente, mas o material do Rob parece se ajustar melhor. Parece que o conhecemos desde sempre, basicamente, é a sensação que dá. E ainda há vezes que o vejo em fotos conosco e penso ‘Ah, sim! Ele está na nossa banda. 
Cara, nós detonamos ainda mais agora.’ É uma sensação boa.”
Continue lendo

Manowar: Brasileiro Marcus Castellani assume posto de baterista



Marcus Castellani, baterista brasileiro, estreou com a banda em Norrköping, na Suécia. No Brasil ele tinha sua banda própria, Stubbornness, e tocava no Hell Patrol Judas Priest Cover, entre outros projetos. Entre 2004 e 2008 ele tocou com o Kings Of Steel ManowarCover.

Veja abaixo uma performance de "Ride The Dragon" em tributo a Rhino, disponível no YouTube.



Continue lendo

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Vital Remains: morre o ex-vocalista Scott Willey





Scott Willey, vocalista do Vital Remains entre 2008 e 2012, faleceu nesta quinta-feira, 2 de novembro, de causas não divulgadas.

Vital Remains Official
na quarta-feira
It is with heavy heart and deep sadness that i say Gator Gaeton Collier and I (Tony ) lost and old friend and singer of Vital Remains Scott Willey. I had just seen him this summer at Summer Slaughter Fest in July. And we had a nice conversation about alot of things. We told some road stories from the past and we had some good laughs. I will always remember the good times my friend. Until we me again for that next jam! Rest in Peace Brother ....My Condolences to his Family and friends! \m/ * picture to the left was taken at Summer Slaughter July 30th 2017 at the Palladium *





A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, noite e área interna

A informação foi divulgada pela banda em nota assinada pelo guitarrista Tony Lazaro: "É com o coração pesado e profunda tristeza que eu comunico que Gator Gaeton Collier e eu (Tony) perdemos nosso velho amigo e vocalista do Vital Remains Scott Willey. Eu estive com ele recentemente no Summer Slaughter Fest em julho. Tivemos uma conversa bacana sobre vários assuntos, incluindo histórias na estrada que nos fizeram dar muitas gargalhadas. 

Eu sempre lembrarei dos ótimos momentos, meu amigo. Até a próxima vez que nos encontrarmos para uma jam! Descanse em paz, irmão... condolências para sua família e amigos! \m/

Continue lendo

Lynyrd Skynyrd: banda cancela vinda à América Latina


Lynyrd Skynyrd informou em seu facebook oficial que cancelou a participação na Solid Rock Tour com o Deep Purple e o Tesla.

A banda relata no post que a filha de Johnny Van Zant foi diagnosticada com leucemia linfoide aguda (LLA) e ficará sob tratamento intensivo, com isto seu pai passará os meses seguintes ao seu lado. O Lynyrd Skynyrdpede desculpas aos fãs da América do Sul com a promessa de que vai voltar no futuro, e em seu lugar na turnê assume o Cheap Trick, cujo frontman diz: 'Estamos empolgados em nos unir ao Deep Purple e Teslana América do Sul como parte da Solid Rock Tour... apenas gostaríamos que fosse em circunstâncias diferentes. Nossos pensamentos e orações estão com Johnny, sua filha e todos os nossos amigos da família Lynyrd Skynyrd".

Seguem as datas e locais da Solid Rock Tour que serão afetados pela mudança no Brasil:

Dia 12/12/17 (Terça-Feira) (Curitiba - PR)
Dia 13/12/17 (Quarta-Feira) (São Paulo - SP)
Dia 15/12/17 (Sexta-Feira) (Rio de Janeiro - RJ)
Post original:
Continue lendo